Cabelo Espigado – Como recuperar o aspecto. Observações importantes

Cabelo Espigado - Como recuperar o aspecto. Observações importantes.

Cabelo espigado,ninguém merece, não é mesmo?

Hoje vamos falar um pouco sobre como recuperar os fios daquele aspecto de cabelo espigado nas pontas, temido por tantas mulheres (e também homens que cultivam o cabelo comprido).

Você percebe bem o cabelo espigado, além do espelho, é claro, quando, na hora de pentear, seja a escova ou o pente se engancham na ponta de seu cabelo. Aí, é aquele sofrimento. Primeiro para desfazer o cabelo espigado; e segundo, com as possíveis dores para desembaraçá-lo.

 

 

Cabelinho de comercial

Quem não gostaria, hein? Acontece que para ter um cabelo de comercial, a missão é árdua. Não basta apenas usar os produtos que estão sendo anunciados.

Isso porque o cabelo sofre agressões todo dia, seja por conta do sol, da poeira, da poluição, da umidade, do vento, ou ainda, por conta das ações das químicas que as mulheres adoram fazer.

Ainda há de considerar o uso das ferramentas corriqueiras no dia a dia, tais como, a já famosa chapinha, o secador de cabelo e o babyliss, que também contribuem para deixar a ponta do cabelo danificada, o que traz como resultado, um cabelo espigado e quebradiço.

Outro ponto que merece destaque é em relação à lavagem do cabelo. Segundo alguns especialistas, lavar o cabelo todo dia e abusar do uso de shampoos, mirando somente a limpeza, tende a remover os óleos naturais do couro cabeludo, o que serve para contribuir para que você tenha fios mais ressecados, em especial nas pontas.

O resultado você já deve imaginar: um cabelo espigado, principalmente porque as pontas, por natureza, já são os locais menos nutridos por estarem mais longe da raiz do cabelo.

 

O que realmente causa o efeito de cabelo espigado

Como falado anteriormente, o cabelo espigado não possui uma causa específica, podendo ser por vários fatores, mas que, com certeza, tem a ver com hábitos ruins na rotina do dia a dia com o trato do cabelo.

Como as principais causas do cabelo espigado,podemos citar:

  • Primeiramente, uso frequente de ferramentas de alta temperatura, como o secador de cabelo, o babyliss e a chapinha;
  • Bem como, pentear o cabelo de forma errada (de cima para baixo);
  • Assim como, pentear o cabelo molhado;
  • Agressões externas, como por exemplo, exposição solar excessiva, ação do vento, umidade, cloro, maresia, poluição, entre outras;
  • Além disso, atrito com a toalha na hora de secar o cabelo, por esfregar os fios;
  • Por fim, uso excessivo de produtos químicos, como os de coloração, estilização e alisamento.

 

E a primeira reação é – Cabelo Espigado

Garanto que muitas responderam ‘cortas as pontas’, certo?

Na verdade este é a primeira reação de toda mulher quando percebe o cabelo espigado:passar a tesoura nas pontas.

O pensamento não está errado, no entanto, pouco tempo depois, se os hábitos na rotina de cuidados com o cabelo não mudarem, o problema volta e, assim, você se verá em um círculo vicioso de sempre estar cortando o cabelo. E dependendo da velocidade, melhor logo adotar um curtinho, que, aliás, fica um show, e para todos os tipos de cabelo.

Bom, mas voltando ao cabelo espigado

A boa notícia é que para eliminar o cabelo espigado você pode investir em alguns truques baratos e simples para recuperar as pontas dos seus fios e, ainda, deixá-los mais saudáveis e brilhosos.

 

Como recuperar o cabelo do efeito espigado

Bom, além de evitar todos os hábitos mencionados anteriormente, que devem ser abolidos da sua rotina de cuidados com o cabelo, se você quiser se livrar das pontas espigadas, basta seguir as dicas que vamos passar a seguir, pois elas também podem ajudar a recuperar o cabelo espigado.

 

Escolha o shampoo certo para o seu cabelo

É essencial você escolher o tipo de shampoo de acordo com o seu cabelo, pois esta escolha pode influenciar diretamente na aparência dos seus cabelos.

Por isso é de extrema importância comprar aquele que é específico para o seu tipo de cabelo.

Importante ainda salientar que dentre eles, podemos citar os shampoos leitosos (ideais para fios secos e tingidos), os perolados (indicados para cabelos normais que sofrem com pontas secas), entre outros.

 

Corte as pontas do cabelo com frequência

Outro macete para evitar o cabelo espigado nas pontas é cortá-las com frequência, pelo menos, a cada dois ou três meses.

Isso, aliado a uma boa rotina de cuidados com os fios, inclusive seguindo nossas dicas, ajudará para que você não tenha pontas duplas no cabelo.

 

Hidrate o cabelo toda semana

De fato, investir em uma hidratação, pelo menos, uma vez na semana, também tende a ajudar no combate ao ressecamento dos fios, que é o principal causador do cabelo espigado nas pontas.

Então, uma boa dica de hidratação capilar potente é misturar a sua máscara de hidratação com algumas gotas de óleo de amêndoas doce.

Em casos mais severos, em que os fios estão quebradiços e elásticos, a dica é substituir o óleo por uma tampa de glicerina líquida bidestilada, que vai ajudar a umidade dentro dos fios por mais tempo.

 

Faça pré-poo

Uma técnica caseira que ajuda muito a evitar o cabelo espigado, ou melhorar o problema, é investir no pré-poo. Trata-se de você aplicar um pouco de óleo vegetal (como o óleo de coco, por exemplo) ou um pouco de creme nos fios secos e sujos antes de lavar com o shampoo.

A ideia desta técnica é criar uma camada protetora em volta do cabelo e evitar o ressecamento causado pelo shampoo. Depois de aplicar o óleo ou creme no cabelo, deixe-o agir por cerca de 15 a 20 minutos.

Em seguida, lave os cabelos normalmente com o shampoo (evite aplicar o produto no comprimento e pontas) e finalize com o condicionador.

Repita o procedimento sempre que for lavar o cabelo que, provavelmente, não terá problemas com cabelo espigado.

 

Use menos as ferramentas de calor

Evite o uso excessivo de secador de cabelo, chapinha e babyliss, pois o exagero pode deixar o cabelo ressecado em razão da alta temperatura desses aparelhos, e, portanto, causar o efeito espigado nas pontas dos fios.

Se isso não for possível na sua rotina, pelo menos, aplique um protetor térmico antes de usá-los.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.